No dia 05 de outubro,  o Projeto Social Empregabilidade da Pessoa Surda, parceria Fiocruz e CVI-Rio, promoveu uma tarde cultural para comemorar o Dia do Surdo.  A confraternização contou com a participação de colaboradores surdos do campus Fiocruz e do Instituto Fernandes Figueira (IFF), além dos supervisores e funcionários interessados em conhecer as expressões artísticas da Comunidade Surda.

Na mesa de abertura, Andrea da Luz, Diretora da Cogepe, Leonídio Madureira, Coordenador da Cooperação Social e José Carlos, Presidente do CVI-Rio, ressaltaram a importância da inclusão, do respeito à diversidade e como a Fiocruz tem atuado neste cenário.

As apresentações artísticas contaram com a exposição de desenhos de moda da colaboradora Eliana Menezes do IFF; a apresentação da trajetória profissional do design gráfico, Marcelo Cunha, do ICICT; artistas que retrataram através do “SLAM” uma modalidade de expressão poética realizada em língua de sinais, retratando a realidade da periferia e de grupos menos favorecidos. E, por fim, fomos agraciados com a apresentação da Drag Queen surda, Kitana, que deu um show de versatilidade, humor, entretendo o público com diversas brincadeiras.

Acompanhe nas fotos os momentos marcantes do nosso evento!

 




Deixar uma Resposta